UCS
Arte Textil
home / Arte Têxtil/ Arte Textil
A Arte Têxtil, a arte das fibras ou artesanato têxtil, se subdivide em: Tramados, Trançados, Rendas, Bordados, de aplicação utilitária, e na Arte Têxtil, obras de galeria. O acervo Documenta Costumes mostra uma grande quantidade de peças executadas no Rio Grande do Sul, de aplicação utilitária, e algumas obras de galeria.

O artesanato voltado à casa, executado individualmente ou em grupo, na área que corresponde à região colonial italiana, na Serra Gaúcha, era a tarefa geralmente realizada pela mulher. Ela dedicava-se aos trabalhos decorativos do lar e do vestuário. Esse ofício era desenvolvido nas horas de lazer, ou seja, nos feriados, à noite, após as lides caseiras, nas visitas às famílias amigas, ou, também, nos dias chuvosos que impediam o seu trabalho na agricultura.

Aos homens eram reservados os ofícios mais pesados como trançados de vime e cipó, marcenaria e ferraria, os objetos de utilidade no trabalho.

Principais técnicas femininas: bordados – rendas – fiação e tecelagem – trançados de palha. Principais técnicas masculinas: trançados de vime- taquara e cipó.

A arte têxtil propriamente dita, só foi desenvolvida na região nos anos 19080 com as tapeçarias de Véra Stedile Zattera que mostrou suas obras na Alemanha, no Uruguai e no Canadá, além do Brasil.



ARTE TÊXTIL no Rio Grande do Sul

História dos bordados, rendas, tramados e trançados no Rio Grande do Sul.

Saiba mais